As vantagens de um ambiente multicultural

22/03/2021

As vantagens de um ambiente multicultural

A promoção da diversidade étnica e cultural no ambiente corporativo não é apenas uma atitude moral. Ela contribui para um desempenho mais produtivo e até lucrativo de toda a organização. Como anda este assunto na sua companhia? Entenda mais sobre o tema para potencializar a sua marca!

Cenário atual
Segundo o relatório do Instituto McKinsey, “Diversity wins: How inclusion matters”, de 2020, a diversidade é um fator-chave para a recuperação das empresas após a crise gerada pela pandemia. Contudo, 73% dos empreendimentos brasileiros não têm essa pluralidade em suas equipes executivas.

É preciso ir na contramão desse cenário. Afinal, a variedade de profissionais traz para as corporações uma visão de mundo diversificada. “Chamamos isso de multiculturalidade, uma força transformadora, pois é acompanhada de benefícios como a melhora nos relacionamentos, o diálogo apreciativo, um melhor engajamento e o upgrade do employer branding”, explica o sócio da Picarelli Consulting, Felipe Picarelli.

De acordo com o estudo “Diversity & Inclusion in the Global Workplace” (em português, D&I – Diversidade & Inclusão no Ambiente de Trabalho Global), conduzido pela Lenovo e pela Intel, 92% dos brasileiros se importam com a multiplicidade no serviço. Além disso, 88% deles levam em conta políticas do tema, nas instituições, quando procuram por emprego.

Nesse sentido, o sentimento de pertencimento, maior comprometimento e lealdade ao empregador são características comuns a funcionários cujo ambiente laboral é mais inclusivo. “Isso representa soluções de problemas de forma mais eficaz, criativa e muito mais rica”, analisa a COO da MCM Brand Experience, Renata Ankowski.

Os efeitos da Diversidade e Inclusão são positivos
Para a COO, esse cuidado com o outro e os detalhes em tomar ações eficazes para propor oportunidades iguais fazem a diferença na correção histórica social. “Inclusive, não só do nosso país, mas do mundo como um todo”, complementa. Dessa forma, alinhados com a expectativa da equipe, o departamento de Recursos Humanos (RH) deve se preocupar em criar esse ambiente mais múltiplo e leve.

Ainda, conforme o levantamento conduzido pela Lenovo e pela Intel, princípios de D&I estão entre as principais medidas pelas quais as corporações devem se preocupar em relação aos seus cooperadores. Isso, ao lado de programas de requalificação, mentoria, horário flexível e auxílio no transporte ao estabelecimento.

Assim, para a head de Recursos Humanos da Daniel Advogados, Bruna Souza, é maravilhoso estar em uma entidade atenta a essas pautas. “Ambientes com esse tipo de prática, geralmente, são espaços com um clima organizacional melhor e ao mesmo tempo uma esfera inclusiva e mais humana para a relação trabalhista”, expõe.

Vários dirigentes e marcas, infelizmente, ainda não conseguem perceber a riqueza das diferenças e quanto isso acrescenta aos negócios. Por isso, acabam reforçando desigualdades de oportunidades. Estamos no caminho, mas precisamos de muitos aliados, energia, tempo e recursos para fortalecer esse movimento.

Afinal, a multiculturalidade é um princípio de gestão e tem gerado um ambiente mais inovador, eficiente, aberto e sem preconceitos. Portanto, os negócios e a sociedade agradecem por isso.

Quebre barreiras e desenvolva sua mente! Então, acompanhe nosso blog e as redes sociais, pois publicamos conteúdos diários com a participação de grandes especialistas. Assista também a nova matéria do programa “Conexão Ilimitada”, da TV Nube!

Como sua empresa lida com esse assunto?

A promoção da diversidade étnica e cultural no ambiente corporativo não é apenas uma atitude moral. Ela contribui para um desempenho mais produtivo e até lucrativo de toda a organização. Como anda este assunto na sua companhia? Entenda mais sobre o tema para potencializar a sua marca!

Cenário atual
Segundo o relatório do Instituto McKinsey, “Diversity wins: How inclusion matters”, de 2020, a diversidade é um fator-chave para a recuperação das empresas após a crise gerada pela pandemia. Contudo, 73% dos empreendimentos brasileiros não têm essa pluralidade em suas equipes executivas.

É preciso ir na contramão desse cenário. Afinal, a variedade de profissionais traz para as corporações uma visão de mundo diversificada. “Chamamos isso de multiculturalidade, uma força transformadora, pois é acompanhada de benefícios como a melhora nos relacionamentos, o diálogo apreciativo, um melhor engajamento e o upgrade do employer branding”, explica o sócio da Picarelli Consulting, Felipe Picarelli.

De acordo com o estudo “Diversity & Inclusion in the Global Workplace” (em português, D&I – Diversidade & Inclusão no Ambiente de Trabalho Global), conduzido pela Lenovo e pela Intel, 92% dos brasileiros se importam com a multiplicidade no serviço. Além disso, 88% deles levam em conta políticas do tema, nas instituições, quando procuram por emprego.

Nesse sentido, o sentimento de pertencimento, maior comprometimento e lealdade ao empregador são características comuns a funcionários cujo ambiente laboral é mais inclusivo. “Isso representa soluções de problemas de forma mais eficaz, criativa e muito mais rica”, analisa a COO da MCM Brand Experience, Renata Ankowski.

Os efeitos da Diversidade e Inclusão são positivos
Para a COO, esse cuidado com o outro e os detalhes em tomar ações eficazes para propor oportunidades iguais fazem a diferença na correção histórica social. “Inclusive, não só do nosso país, mas do mundo como um todo”, complementa. Dessa forma, alinhados com a expectativa da equipe, o departamento de Recursos Humanos (RH) deve se preocupar em criar esse ambiente mais múltiplo e leve.

Ainda, conforme o levantamento conduzido pela Lenovo e pela Intel, princípios de D&I estão entre as principais medidas pelas quais as corporações devem se preocupar em relação aos seus cooperadores. Isso, ao lado de programas de requalificação, mentoria, horário flexível e auxílio no transporte ao estabelecimento.

Assim, para a head de Recursos Humanos da Daniel Advogados, Bruna Souza, é maravilhoso estar em uma entidade atenta a essas pautas. “Ambientes com esse tipo de prática, geralmente, são espaços com um clima organizacional melhor e ao mesmo tempo uma esfera inclusiva e mais humana para a relação trabalhista”, expõe.

Vários dirigentes e marcas, infelizmente, ainda não conseguem perceber a riqueza das diferenças e quanto isso acrescenta aos negócios. Por isso, acabam reforçando desigualdades de oportunidades. Estamos no caminho, mas precisamos de muitos aliados, energia, tempo e recursos para fortalecer esse movimento.

Afinal, a multiculturalidade é um princípio de gestão e tem gerado um ambiente mais inovador, eficiente, aberto e sem preconceitos. Portanto, os negócios e a sociedade agradecem por isso.

Quebre barreiras e desenvolva sua mente! Então, acompanhe nosso blog e as redes sociais, pois publicamos conteúdos diários com a participação de grandes especialistas. Assista também a nova matéria do programa “Conexão Ilimitada”, da TV Nube!

Como sua empresa lida com esse assunto?

as vantagens de um ambiente multicultural

Matéria publicada no Nube. Leia aqui.





Assine nossa newsletter














    Assine nossa newsletter










      Voltar









      © Copyright 2020-2021 - Daniel Law. Todos os direitos reservados.